O Sistema Linfático e a Massagem Ayurveda

 

A Massagem Ayurveda é uma excelente auxiliar para a estimulação dos três sistemas importantes do corpo humano.


· o sistema vascular sanguíneo
· o sistema nervoso
· o sistema linfático

 

Entre os três sistemas, o linfático é o mais beneficiado pela massagem.


Vejamos por quê:
Além da circulação sangüínea, existe a circulação linfática, que ocorre através de uma rede de vasos delgados encontrada por todo o corpo, a qual drena o líquido (linfa) entre os tecidos e a corrente sangüínea. Os vasos linfáticos contêm pequenas válvulas, semelhantes às das veias, as quais impedem o refluxo da linfa.


Estruturas arredondadas em forma de feijão, denominadas nódulos linfáticos, estão situadas em intervalos freqüentes ao longo dos vasos linfáticos. A maior parte dos nódulos linfáticos ocorrem na virilha, nas axilas, no pescoço junto à artéria aorta e veia cava inferior no tórax e abdômen. A maioria dos vasos linfáticos eventualmente convergem para formar o ducto torácico. O maior vaso linfático corre junto à aorta descendente. Este conecta-se com um dos ramos principais da veia que leva o sangue ao coração. Trata-se de um sistema complementar do sistema vascular sangüíneo, correndo junto a este e que por osmose se mistura com o sangue e o distribui por todo o corpo.

 

Por outro lado, todos nossos músculos são completamente envolvidos pelo sistema linfático.

O sistema linfático facilita a circulação sangüínea drenando o excesso de líquido do sangue, o que diminui o trabalho do coração.

 

O sistema linfático também proporciona uma defesa corporal devido a seu conteúdo de linfócitos, fagócitos e tecidos produtores de anticorpos. Trata-se de um sistema de uma só direção, sem uma estrutura rica e que não forma um circuito fechado. Os gânglios linfáticos não tem válvulas e nem se distribuem pelo corpo de maneira uniforme, porém o massagista precisa saber que tais gânglios (produtores de linfa) estão situados debaixo de cada articulação e que podem ser estimulados mediante a fricção e a aplicação de movimento circular. Os gânglios linfáticos se estimulam com massagem local e calor que pode ser obtido através da fricção.

 

O sistema linfático ocorre de forma ascendente e a Massagem Ayurveda por sua vez é totalmente ascendente, então concluímos que ao massagearmos de forma Ayurveda, estimulamos a circulação linfática e geramos calor através da fricção e com a aplicação de óleos a massagem limpa e reativa o corpo eliminando a concentração de toxinas e a debilitação orgânica.

 

Então a Massagem Ayurveda é uma excelente auxiliar para as pessoas adultas cujos corpos não são mais capazes de repor espontaneamente os fluídos vitais que se perdem durante o exercício intenso, que não podem resistir ao esforço de seus tendões e músculos envelhecidos pela idade.

 

O aumento da circulação linfática diminui a pressão sangüínea. Este é um dos motivos pelos quais se indica a massagem para os pacientes com hipertensão arterial. Também alivia as dores e as tensões, favorecendo uma forma de respirar mais natural e profunda. A massagem regular relaxa o sistema e facilita a digestão, mantendo o adequado equilíbrio e a boa circulação dos gases.

 

Contudo é necessário que se tenha cuidado quanto ao conhecimento da real situação deste sistema no corpo de quem vai se massagear.

 

Por exemplo, podemos citar as seguintes contra-indicações:
- Metástase ganglionar
- Linfagite e Linfadenite


Manifestações comuns de infecções bacterianas que são geralmente causadas por estreptococos hemolíticos, costumando surgir de uma área de celulite que em geral rodeia uma ferida infectada. A ferida pode ser muito pequena ou superficial, ou então pode haver um abcesso bem formado, semeando bactérias aos linfáticos. O envolvimento dos linfáticos se manifesta com freqüência por um vergão na pele, que se estende em direção dos linfonodos regionais, que por sua vez estão geralmente doloridos e aumentados.

 

- Linfedema

O mecanismo básico do linfedema é ligado a algum prejuízo da drenagem linfática de uma extremidade. Quando ele é devido à anormalidades congênitas do desenvolvimento, consistindo de comprometimento hipo ou hiperplástico dos linfáticos proximais ou distais, denomina-se de forma primária. Quando a doença é extensa e progressiva a obstrução pode estar nos canículos e nódulos linfáticos pélvicos ou lombares. A forma secundária ocorre quando uma obstrução inflamatória ou mecânica ocorre por traumatismo, ressecção ou irradiação de gânglios linfáticos regionais ou por comprometimento extenso dos gânglios regionais por doença malígna ou filariose. A dilatação secundária dos linfáticos que ocorre em ambas as formas leva a incompetência do sistema valvular, perturbando o fluxo ordenado ao longo dos canais linfáticos e resultando em sstase progressiva, um fluido rico em proteínas com aparecimento de fibrose secundária.


Linfossarcoma é um tipo de linfoma maligno.

 

Observações:
Pacientes portadores de linfoma, podem receber a massagem, porém com a devida atenção para não friccionar sob o nódulo linfático.

    Entre em contato:

   Tel: (21) 2572-3537

Whatsapp: 99714-4660

Endereço:

Rua Soares da Costa, 128/101

Praça Saens Pena - Tijuca  Rio de Janeiro - RJ

E-mail: ibrata@ibrata.com

  • Facebook ícone social
  • Instagram

Todos os direitos reservados © 2005